Notícias

Sempre a subir até à Glória

São 17% de inclinação e 265 metros de distância que fazem da Calçada da Glória uma prova de esforço e resistência ímpares. Desde 1913 que esta é uma competição mítica no ciclismo.

Este ano, repetiu-se a tradição, o típico elétrico amarelo que, rotineiramente, ajuda cidadãos e turistas, a chegarem mais facilmente dos Restauradores ao Bairro Alto, parou e deu lugar às duas rodas.

Contando com o patrocínio principal do Jogos Santa Casa, e com o apoio da Freguesia de Santo António, 103 atletas (entre anónimos e figuras de renome do ciclismo nacional) disputaram a prova centenária.

Depois de um interregno de um ano, em que o 1º lugar da prova ficou nas mãos de Pedro Garcia, Ricardo Marinheiro (detentor do recorde de subida da calçada em 36,68 segundos) voltou a arrebatar o primeiro lugar no podium.

Foram centenas as pessoas que se juntaram para ver esta emblemática prova que animou a noite lisboeta de 23 de setembro.