Espaço Júlia

Espaco_Julia-1

A Freguesia de Santo António, o Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública e o Centro Hospitalar Lisboa Central assinaram no dia 14 de Maio de 2015, um protocolo de cooperação com vista à abertura de um equipamento inovador em Portugal: o Espaço Júlia – espaço multidisciplinar de intervenção e acompanhamento às vítimas de violência doméstica.

O Espaço Júlia – RIAV (Resposta Integrada de Apoio à Vítima), inaugurado a 24 de julho 2015 e a funcionar desde o dia 27 de julho, oferece um atendimento especializado, feito por técnicos de apoio à vítima com formação específica na área da violência doméstica, conjuntamente com agentes da PSP.

O Espaço Júlia funciona 365 dias por ano, 24 horas por dia, tem dois gabinetes, um espaço dedicado às crianças e tem, para além da intervenção direta, competências na promoção de atividades de carácter preventivo e pedagógico na comunidade local.

O espaço tem uma entrada independente, estando asseguradas a privacidade, o conforto e a segurança devidas às vítimas deste tipo de crime. E estruturado para a área da Primeira Divisão da PSP, das Freguesias de Santo António, Arroios, Santa Maria Maior e Misericórdia.

Da autoria do departamento de Ação Social da Freguesia de Santo António, entidade que há vários anos desenvolve parcerias institucionais com vista à sinalização, apoio e encaminhamento de vítimas de violência doméstica, o novo equipamento, designado Espaço Júlia – RIAV (Resposta Integrada de Apoio à Vítima) – funciona na Rua Luciano Cordeiro, em instalações junto à entrada do Hospital Santo António dos Capuchos.

O nome deste equipamento – Espaço Júlia – é uma homenagem a Júlia, idosa que vivia nesta mesma Rua e que no dia 25 de Setembro de 2011, aos 77 anos, num ato de violência doméstica, foi assassinada pelo marido, com quem estava casada há mais de 30 anos.

Localização: Alameda Santo António dos Capuchos

Contatos: 210179284