O mês de março é o mês da Francofonia, isto é, anualmente os países membros ou observadores da Organização Internacional da Francofonia (OIF) com expressão diplomática em Portugal, reúnem-se para celebrar os valores da democracia, educação, tolerância, solidariedade e partilha de uma língua.

De 1 a 31 de março, 24 cidades nacionais (Continente e Açores) recebem a diversidade cultural e musical da Francofonia.

Os países organizadores deste ano são 14: Andorra, Argentina, Bélgica, Canadá, Costa do Marfim, Egipto, França, Geórgia, Luxemburgo, Marrocos, Roménia, Senegal, Suíça e Tunísia.

O grande momento acontece no dia 23 de março (14h-24h) no Capitólio e no Cinema São Jorge, com música, dança, literatura, gastronomia, jogos. A entrada é livre.

A programação prevista para o Capitólio (Parque Mayer) no dia 23 de março é a seguinte:

- a partir das 14h o Coro do Liceu Francês Charles Lepierre;

- às 14h45 uma das paredes do espaço é convertida para receber um espetáculo de dança vertical – Lumen – interpretada por dois bailarinos de Andorra (Olga da Cunha e Pere de Vilarrubla);

- o escritor francês Patrick Straumann vai apresentar o livro Lisbonne ville ouverte e estar à conversa com o historiador, autor e cronista português António Araújo (15h10);

- Como viola al bandoneon é o nome do concerto que junta Carla Algeri e Armando de la Vega para através da música unir os povos de língua, espanhola, francesa e portuguesa. Marcado para as 16h;

- Pela primeira vez em Portugal, o músico suíço Beat Kaestli e o acordeonista português Loïc Da Silva vão interpretar Collage, uma homenagem à Francofonia. Vão estar acompanhados pelo percussionista brasileiro Carlos Cesar (17h15);

- Músico e musicólogo tunisino, Riadh Ben Amor figura entre os violinistas mais talentosos da sua geração. Apresenta-se pelas 18h10 com o espetáculo Sarawen e estará acompanhado por: Rafik Gharbi (teclado e arranjos musicais), Hichem Mazgou (Bateria), Abdellaziz Cherif (Guitarra baixo) e Amor Adala (percussões);

- Abertura oficial institucional (18h55) com a presença dos Embaixadores e a seguir degustação gastronómica ao som do DJ “The boods” (Bélgica);

- Às 20h40 Lumen volta a maravilhar os presentes com dança área;

- Às 21h o palco do Capitólio recebe o cantor, guitarrista autor e compositor franco-espanhol Nilda Fernandez;

- Paulo Bragança, da Roménia, apresenta “Cativo” pelas 22h.

Pelas 23h20 Pierre Kwenders sobe ao palco do Cinema São Jorge.

Um evento com a parceria da Freguesia de Santo António. Toda a programação disponível em www.festadafrancofonia.com