Inaugurou no dia 9 de janeiro na Biblioteca Arquiteto Cosmelli Sant’Anna (BACS) a exposição Uma pessoa só chega ao Alentejo depois de lá estar 7 dias, de Teresa Roriz.

Natural de Vila Franca de Xira, Ribatejo, foi lá que cresceu e estudou até à adolescência. Desde sempre visitou, passeou e descansou no Alentejo, mais precisamente, na Zambujeira do Mar, onde trabalhou em artesanato e encontrou a inspiração para as suas obras.

O título da exposição, revela a autora, tem como objetivo mostrar que “é no Alentejo onde se encontra a calma, a paz e a serenidade, onde toda a pressa que se traz da cidade se dissipa”.

As obras de Teresa Roriz estão expostas na BACS até ao dia 30 de janeiro.