Não faz parte das Lojas com História, mas o restaurante Os Tibetanos é, sem dúvida, um marco importante da restauração vegetariana em Portugal. Abriu oficialmente em 1978, numa altura em que o país ainda não estava habituado a este tipo de cozinha, sendo por isso considerado um dos primeiros restaurantes do género em Lisboa.

É no número 117 da Rua do Salitre que encontramos Os Tibetanos, um espaço que junta um restaurante vegetariano com um templo budista, localizado no piso superior. Aqui as refeições de carne e peixe são substituídas por tofu e seitan, mas nem por isso deixam de haver inúmeras opções.

Entre o caril de tofu com manga, bifes de seitan com natas e os momos – um pastel típico recheado com seitan e legumes, frito ou a vapor – é difícil resistir à tentação de pedir todos os pratos do menu. Os mais populares são os momos de queijo e espinafres, bem como a tarte de papaia e requeijão.

Mas não há ninguém melhor para falar da cultura tibetana do que Dawa Tashi, atual proprietário deste espaço juntamente com a sua mulher, Phuntsok. A sua esposa foi a primeira a chegar a Portugal para trabalhar no restaurante, em 2000, depois de ter sido convidada para trabalhar como cozinheira. Tashi chegou um ano depois. Trabalharam até se tornarem sócios-gerentes e, em 2020, assumiram a gerência do espaço.

As atividades de meditação tibetana, praticadas no piso superior do espaço, encontram-se temporariamente suspensas devido à pandemia por Covid-19. No entanto, o restaurante continua aberto e faz entregas para fora.

“O restaurante já tem quase 50 anos e temos clientes que nos têm vindo a acompanhar ao longo dos anos. Quando este espaço abriu o restaurante ficava no primeiro piso e temos pessoas que nos visitam regularmente e ainda se lembram dessa altura”, afirma Dawa Tashi.

 

De segunda a sexta-feira: Das 12h às 15h30 e das 19h às 22h30

Sábados: Das 12h às 15h30 e das 19h às 23h00

Domingos: Das 12h às 15h30

Feriados: Das 12h às 15h30 e das 19h às 22h30

Contactos: 213 142 038 | 932 846 610