Neste Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres relembramos o importante trabalho do Espaço Júlia, que intervém diretamente nas denúncias de violência doméstica.

Este espaço tem as portas abertas 365 dias por ano, 24 horas por dia, "para todas as vítimas de violência doméstica e violação, especialmente quando se tratam de vítimas particularmente vulneráveis devido à idade, condições de saúde e da violência de que foram alvo", como nos explica Inês Carrolo, responsável pelo Espaço Júlia.

Em articulação com a 1.ª Divisão Policial do Comando Metropolitano de Lisboa – Polícia de Segurança Pública, mas também com o Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central, os técnicos deste espaço têm formação específica para intervir diretamente nas denúncias de violência doméstica.

O Espaço Júlia é uma homenagem a Júlia, idosa que vivia na mesma rua deste equipamento e que a 25 de setembro de 2011, aos 77 anos, foi assassinada pelo marido num ato de violência doméstica. Estavam casados há mais de 30 anos.

Localização: Alameda Santo António dos Capuchos, 1169-050 Lisboa

Contatos: 210179284 | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.